fbpx

Blog

Nosso Conteúdo

WhatsApp-Image-2021-03-23-at-11.27.49

A gestão é fundamental para estar de acordo com a lei e evitar prejuízos. Há diversas normas que regulamentam a segurança do trabalho e à medida que as empresas crescem, também aumentam os riscos ligados à saúde do trabalhador, por isso, a gestão de SST (Saúde e Segurança do Trabalho) é essencial.

A gestão de SST ser focada na prevenção para que os ambientes de trabalhos sejam seguros. Ou seja, quando ocorre um acidente é porque a gestão não foi eficiente ou porque o colaborador foi imprudente.

Como funciona?
A área de saúde e segurança do trabalho tem muitos pontos importantes que vão desde a parte básica dos exames clínicos, que compõem o ASO (Atestado de Saúde Operacional), até a realização de projetos de equipamentos de proteções coletivas (EPCs), descrição de operação de equipamentos e ainda treinamentos de segurança.

A importância da gestão de SST é justamente para controlar essas obrigatoriedades conforme cada segmento e riscos existentes e renovações, como fazer treinamentos periódicos e reciclagem antes do vencimento, realizar exames de saúde ocupacional dos colaboradores antes de seu vencimento, realizar avaliações qualitativas e quantitativas e atualizar programas de SST.

No caso, esses documentos possuem data de vencimento ou necessidade de atualização constante conforme estabelecido nas NRs específicas. Por isso, a gestão vem antecipar o evento para que você não perca esses prazos, isso porque, pela legislação, após perder um prazo você já está passível de multa.

Quais são os principais aspectos da gestão de SST?
Aumento de produtividade e evita prejuízos – Implementar normas de saúde e segurança do trabalho aumenta a produtividade da empresa, pois o colaborador se sente valorizado, o número de afastamentos e custos decorrentes de acidentes e doenças ocupacionais diminuem.

Profissionais qualificados – o conhecimento específico da área é fundamental para que se desenvolva programas que ajudam a prevenir quaisquer danos à empresa e funcionário. Um programa ou treinamento de SST desenvolvido de qualquer jeito, gera a ilusão de que a empresa está atendendo a legislação, podendo ser surpreendida em uma perícia ou até mesmo fiscalização.

Equipe multidisciplinar – Existem diversas normas obrigatórias a respeito de Saúde e Segurança do Trabalho que toda empresa deve seguir. Para realizar uma gestão de SST, deve-se ter um conhecimento profundo sobre elas, evitando multas e prejuízos. Por isso é muito importante realizar a gestão de SST com uma equipe multidisciplinar ou invés de apenas uma pessoa.

Antecipa acidentes – a gestão de SST é importante para a prevenção de acidentes. Dessa forma, com as verificações no ambiente de trabalho e constantes atualizações dos programas de prevenção de acidentes e doenças ocupacionais, somando com o treinamento correto, os colaboradores entendem sua importância e utilizam os equipamentos corretamente.

Treinamentos – Os treinamentos são muito importantes. Por isso, é função da gestão de SST verificar o quanto ele foi eficaz, se foi feito corretamente e os momentos ideais de realizar as reciclagens, quando aplicável. Dessa forma, muitos acidentes são evitados.

Fonte: Portal Nacional de Seguros

Deixe um COMENTÁRIO

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *